Parque das Missões – Duque de Caxias – recebe mutirão de combate à dengue


Mesmo sem chuvas, o mosquito da dengue continua pondo em risco a saúde e a vida dos brasileiros.

Agente mostra tubo com larvas do mosquito da dengue

Agente mostra tubo com larvas do mosquito da dengue

É com esta idéia que a Secretaria Municipal de Saúde de Duque de Caxias (SMS) promove todas as semanas mutirões para prevenir a doença. Nesta sexta-feira,18 de fevereiro, a ação foi realizada no bairro Parque das Missões, onde 500 moradias. O trabalho reuniu 40 homens, carros fumacês, distribuição de hipoclorito, telas para caixa d’água e coleta de material em possíveis focos do mosquito. Trabalho teve apoio de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (SAMU).

Enquanto os agentes de endemia visitavam as residências, em barracas montadas na praça da localidade, a comunidade aproveitava para buscar diversos atendimentos, como verificação de pressão arterial, medição de taxa de glicose e conhecer detalhes sobre o ciclo do Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue. No local, técnicos de enfermagem distribuíram folhetos explicativos e preservativos sexuais, enquanto crianças assistiam à apresentação sobre os riscos da dengue.

Outras, para conhecer como prolifera o mosquito da dengue

Outras, para conhecer como prolifera o mosquito da dengue

O Parque das Missões possui mais de 3 mil imóveis, mas pelo menos 500 não puderam ser visitados porque estavam fechados no primeiro mutirão. Nesta visita, vários focos foram encontrados pelos agentes, como na casa de Joyce da Silva, onde a caixa d’água recebeu uma tela para evitar a entrada do mosquito. “É preciso muito cuidado porque, apesar de não ter chovido, muitos casos estão sendo registrados na Baixada Fluminense”, observou a médica Sandra Victoria Martins, responsável pelo trabalho.

Enquanto os agentes buscavam focos da dengue, muitos moradores faziam fila nas barracas de atendimento da SMS. Entre eles o sanfoneiro Dominguinho do Recife, de 55 anos, que ficou surpreso com a alta taxa de glicose observada pelos médicos. “Caramba, tenho tomado os medicamentos como o médico mandou e mesmo assim a glicose está com 375 pontos, lá nas alturas”, comentou o artista, cuja pressão arterial estava em 13 x 9, considerada aceitável.

Próximas ações:

No sábado, 19 de fevereiro, o mutirão de combate à dengue será realizado no bairro 25 de Agosto, com concentração e atendimento na Praça Humaitá, a partir das 8h. Na quinta-feira, 24 de fevereiro, será no bairro Doutor Laureano; na sexta-feira, 25 de fevereiro, na Praça do Gramacho e, no sábado, 26 de fevereiro, na Praça do Jardim Gramacho.

Fotos: George Fant

Fonte: PMDC


 

Siga CaxiasDigital no Twitter

Related Posts with Thumbnails